Portal do Governo do Estado de São Paulo

/Notícias

Taxa é reduzida para 2% e rendimento é um dos melhores em 7 anos

07/02/2020 04:09

Imagem interna

A Prevcom reduziu a sua taxa de carregamento para 2%. A medida vale a partir de fevereiro de 2020 e beneficiará todos os participantes dos planos PREVCOM RG, PREVCOM RP e PREVCOM RG-UNIS. A redução, aprovada pelo Conselho Deliberativo em reunião no dia 30/1, também é resultado do progresso da entidade, que distribuiu os custos e permitiu transferir o ganho para os participantes.

Entre os fatores de crescimento estão o interesse cada vez maior dos servidores paulistas em poupar para a aposentadoria e os convênios de adesão com outros Estados, como Rondônia, e municípios, como São Paulo capital.

Esta é a terceira vez que a taxa diminui desde o início dos planos, em 2013. Em 2016, ela passou para 4% e, em 2019, para 3%.

Entenda como são cobradas as taxas da Prevcom aqui .

Rendimento acima da média

A carteira de investimento da Prevcom rendeu 2,32% em dezembro, um dos melhores resultados mensais registrados nos últimos 7 anos. Os planos de benefícios administrados pela entidade encerraram 2019 com ganho acumulado de 12,70%.

O retorno alcançado pela Prevcom foi puxado principalmente pelos ativos alocados em fundos multimercados, que correspondem a 15% do patrimônio investido. Com este desempenho, a rentabilidade no ano se manteve acima do alvo de IPCA mais 5%, que fechou em 9,52%, bateu os 5,96% do CDI, superou os 4,31% da inflação medida pelo IPCA e os 4,29% da poupança.

A rentabilidade acumulada desde o início das inscrições, em fevereiro de 2013 até dezembro de 2019, atingiu 116,58%. Neste mesmo intervalo de tempo o CDI rendeu 89,24%, a poupança registrou 52,80% e o IPCA fechou em 45,31%.

Além das aplicações em multimercados, a instituição mantém 61% dos recursos em contratos de longo prazo de Notas do Tesouro Nacional (NTN-B), 9% investidos em renda variável no País, 6% no exterior e 8% renda fixa. 

;