Portal do Governo do Estado de São Paulo

/Notícias

Prevcom fecha 2018 com patrimônio de R$ 1,08 bilhão e 27 mil participantes

07/02/2019 02:18

Imagem interna

A Prevcom fechou 2018 com patrimônio de R$ 1,08 bilhão, superando em 32% os R$ 818 milhões registrados no ano anterior. Este resultado confirma o bom desempenho do modelo previdenciário implantado pelo governo estadual desde 2013, que já conta com a adesão de 27 mil participantes.

São Paulo se antecipou à reforma da previdência e inseriu seu sistema na rota da sustentabilidade. O Estado foi o primeiro a adotar o regime de previdência complementar e a obter autorização legal para colocar a experiência acumulada de sua Fundação como solução rápida e de baixo custo para outros entes da federação. Esta alternativa foi a escolhida pelo estado de Rondônia e os municípios de Jales, Birigui e Santa Fé do Sul que formalizaram convênios com a entidade para acelerar este ajuste.

O interesse por parcerias e suporte técnico cresce em ritmo constante pelo porte da instituição somado ao conhecimento sobre regulamentos, legislação, tramitação de processos além de estruturas de operação e sistemas informatizados montados. "A previdência complementar tem um papel crucial no esforço que estados e municípios têm realizado para tornar o fluxo de pagamentos de aposentadorias gerenciável", afirma Carlos Henrique Flory, presidente da Prevcom.

Rentabilidade

Em 2018, a Prevcom superou a meta rentabilidade pelo sexto ano consecutivo. A carteira de investimentos da entidade fechou o ano com ganho de 10,05% no período, acima do alvo de IPCA mais 5% que ficou em 8,94%. O rendimento ultrapassou os 6,42% apurados pelo CDI e os 4,62% da poupança, aplicações que são referência no mercado. A inflação anual fechou em 3,75% no período.

O rendimento obtido demonstra o acerto da política de investimentos da instituição que definiu com linha principal a concentração de recursos em Notas do Tesouro Nacional-B (NTN-B), contratados na curva, com boa remuneração e vencimentos de 2019 a 2050. A partir de 2019, com a queda histórica da Selic, a recomendação é diversificar os investimentos.

A entidade avaliará neste primeiro bimestre as alternativas elaboradas pela consultoria PPS Portfolio Performance com base em projeções de longo prazo preveem a aplicação do capital novo das contribuições mensais - que somaram R$ 17 milhões (base Novembro) - no mercado de ações no Brasil e no exterior e em fundos multimercados que projetam retorno acima dos oferecidos pelos títulos públicos.

Novos acordos

A expansão da Prevcom ao longo do ano passa pela evolução dos acordos de gestão com a entidade, que mantém tratativas encaminhadas com os estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e figura nos planos da prefeitura da Capital, que aprovou na Câmara dos Vereadores no final de dezembro de 2018 o Projeto de Lei da reforma da previdência municipal.

As prefeituras de Maceió (AL) e dos municípios paulistas de Itapecerica da Serra, Lins, Ribeirão Preto, Rubinéia, Santos, Sertãozinho e São João da Boa Vista também firmaram protocolos de intenção autorizando a realização de estudos técnicos para implantação do regime de previdência complementar, interessadas no Prevcom Multi, plano multipatrocinado que permite a inclusão de vários estados e municípios em uma única estrutura.

;